• HOME
  • WESLEY SATHLER

  • EXPEDIENTE
  • VALE A PENA LER DE NOVO
  • GALERIA

  • WS CHOICES



CÁSSIA RODRIGUES

Publicado em 12/01/2019

ELA LUTA POR IGUALDADE

No Dia de Combate à Intolerância Religiosa, celebrado dia 21, os órgãos de direitos humanos levantam um alerta: em apenas seis meses, o Brasil teve mais de 200 casos registrados pelo Disque 100. Os dados são de 2018 e aumentam a cada ano. Nossa eleita de hoje, a psicóloga Cássia Rodrigues, nos faz uma importante reflexão sobre o assunto:
 
Respeito 

“Vivemos um período em que as pessoas não respeitam as diferenças. Isso se reflete em casos de violência de todo o tipo”, destacou a psicóloga e nossa Mulher do Dia. 

Estado laico 
 
A Constituição Federal prevê que o Brasil é laico e não discrimina nenhum tipo de manifestação religiosa. Mas não é isso o que se vê na prática. “A umbanda e o candomblé registram o maior volume de casos. Vale lembrar que isso vai contra exatamente o que prega a religião, que é o amor ao próximo e a convivência entre irmãos”, completou. 

Vale lembrar

Infelizmente, nosso país não está bem na fita.  O Brasil registra mais de 200 casos de intolerância religiosa por semestre


Compartilhe: